A Força Da União Na Dinamização De uma Localidade

união de empresas

Desde que me lembro, Vila Nova de Milfontes nunca foi palco de festividades organizadas de fim-de-ano. Apesar de ser uma das localidades com mais tradição nesta data e seguramente, uma das localidades do Alentejo que recebe mais turistas nos últimos dias do ano, nunca houve capacidade para dinamizar toda a localidade nesta época do ano.

E se é verdade que não existe qualquer esforço por parte do Munícipio de Odemira nesse sentido, os próprios empresários de Milfontes poderiam fazer mais para trazer um maior dinamismo à vila.

Apesar de ser uma localidade com outra dimensão, podemos e devemos olhar para o exemplo que Lagos constitui este ano.

No passado, a Câmara Municipal de Lagos assumia os encargos com a organização das festividades de fim-de-ano, porém os inevitáveis cortes, fizeram com que em 2012, Lagos não recebesse o tradicional fogo de artifício.

Este ano, a PROLAGOS, uma associação de dinamização local, assumiu a organização do programa de fim-de-ano e contou com uma forte adesão do tecido empresarial local, que contribuiu monetariamente para o fogo de artifício e para garantir que o centro da cidade irá contar com música ao vivo.

Da extensa lista de empresas que possibilitaram que Lagos voltasse a celebrar o fim de ano fazem parte vinte e um bares, onze restaurantes, uma papelaria, uma imobiliária, uma pastelaria e um salão de jogos. Todas estas empresas perceberam que apenas tinham a ganhar em fazer parte da iniciativa e que trabalhando em conjunto, conseguiriam levar mais pessoas ao centro da cidade.

Será que um dia, iremos ver algo semelhante em Vila Nova de Milfontes?

Nota: Parece que o tal dia chegou mais cedo do que eu esperava! Parabéns à Junta de Freguesia de Vila Nova de Milfontes e a todos os empresários que contribuíram para que a localidade possa receber 2014 de forma condigna.

 

André Alface